Como é longo o inverno longe de casa…

Como é longo o inverno longe de casa…

Disse-o hoje num post na página do facebook, ando exausta, e a falta prolongada de sol só contribui ainda mais para o cansaço… e para a saudade.

Ando exausta e com uma tristeza constante, essa tristeza chama-se saudades de casa.

É verdade que a minha casa é aqui… mas também é lá.

Aqui tenho uma boa casa, um nivel bastante razoável de conforto para a minha família.

Mas lá tenho as profundezas da minha alma. Os meus poros emanam Portugal, cada um deles respira Lisboa, e ao longe, cada um deles ressaca dos cheiros, dos sabores, das paisagens, do clima… das pessoas!

Custa ter colo de mãe por skype. Custa ser irmã por whatsapp. Custa, oh se custa! Querer ser uma tia mal habituada e não poder. Ver aquele ser maravilhoso num ecrã, querer beijar bochechas, dar colo de tia, mimar… e não poder.

Custa, e quanto custa, ver o filho de 2 anos beijar e abraçar o telémovel quando lá aparece a imagem da avó a falar para ele.

Custa acompanhar datas importantes à distância. Custa querer estar e não poder.

Cada vez mais me questiono onde é verdadeiramente o meu lugar.

Será que um dia não me vou arrepender de ter estado tanto tempo longe?

Oxalá fosse simples poder voltar. Mas não é.

E o inverno cinzento, branco e frio traz à tona saudade e nostalgia.

Como é longo o inverno longe de casa…

Assim vai a vida, aos olhos de uma mãe… emigrante!

2 thoughts on “Como é longo o inverno longe de casa…

  1. Dulce

    Força!! Bem sei como é, há dias piores que outros, mas está aí quase a Primavera e o sol sempre ajuda a passar melhor os dias 😉

  2. Catia Godinho
    Catia Godinho says:

    É isso mesmo ❤

Leave a Reply

Your email address will not be published.