Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Ondas de calor e insolação em crianças

By

Hoje é o primeiro dia de Verão.

E quem fala em verão com crianças, tem de falar em prevenção. Prevenção de acidentes, como acidentes rodoviários (primeira causa de morte acidental em crianças), afogamentos (2a causa de morte acidental), mas também riscos associados à exposição solar e ao calor intenso, como as queimaduras solares e a insolação.

E é deste último ponto que falo hoje. Um ponto que não é muito falado mas é importante estarmos conscientes deste risco, do que é, de como acontece, de quais são os sintomas.

A insolação acontece quando a criança (ou adulto!) é exposta ao calor intenso.

Acontece geralmente quando a criança passa várias horas a brincar ou a praticar actividades sob calor intenso. Pode ser na praia ou na piscina, mas pode igualmente acontecer no campo, num parque infantil, etc.

O que acontece numa insolação, é que a criança vai ter um aumento importante da sua temperatura corporal, levando a que perca demasiada água e inicie um quadro de hipertermia e desidratação.

É uma condição grave que exige que a criança seja observada nos serviços de saúde!

Os sintomas são:

– pele muito vermelha (sem apresentar necessariamente queimaduras solares);

– temperatura corporal aumentada que pode chegar aos 40°C;

– dores de cabeça;

– vómitos.

Em casos mais graves pode ainda ocorrer:

– confusão mental e/ou comportamento fora do normal;

– convulsões;

– coma.

O que fazer em caso de suspeita de insolação?

Perante os sintomas de insolação, devemos retirar a criança do calor, promover a hidratação idealmente com água, ou soro de hidratação, caso a criança recuse podemos ainda oferecer sumos naturais. É importante levar a criança para ser observada nos serviços de saúde.

O que fazer para prevenir?

– evitar a exposição solar e actividades ao ar livre nas horas de maior calor

– evitar actividade física intensa nos períodos de muito calor;

– na praia, piscina ou campo é importante oferecer constantemente água, sumos de fruta, e fruta para evitar a desidratação;

– num bebé amamentado em exclusivo oferecer a mama com mais frequência sem esperar necessariamente que o bebé demonstre sinais de fome.

Nunca é demais referir que as crianças não devem ser deixadas dentro do carro, nem por breves períodos de tempo!

A temperatura dentro do carro atinge valores muito superiores à temperatura exterior e rapidamente leva a uma insolação grave, levando muitas vezes à morte da criança. E por vezes pensamos demorar só 5 minutos, mas imprevistos podem acontecer e a vida da criança rapidamente fica em risco!

Bom verão cheio de aventuras boas e com muita prevenção 😉

Tags:

You may also like

scriptsell.neteDataStyle - Best Wordpress Services
error: Content is protected !!
Don`t copy text!